Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Sem opção, Corinthians deve promover estreia de jovem contra o Figueirense

Léo Santos deve atuar com as suspensões de Balbuena e Vilson

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2016 | 16h16

Além da derrota por 4 a 0 para o São Paulo, o técnico Oswaldo de Oliveira tem outro problema para administrar até a partida do Corinthians contra o Figueirense, dia 16, em Florianópolis. Com as suspensões dos zagueiros Balbuena e Vilson, o treinador deverá promover a entrada do garoto Léo Santos, de 18 anos, que fará sua primeira partida como profissional.


Se Oswaldo não improvisar outro jogador no setor, a dupla de zaga deverá ser formada por Léo Santos e Pedro Henrique, que atuou diante da Chapecoense, na rodada passada, justamente porque Vilson e Balbuena estavam suspensos e o treinador decidiu poupar o defensor paraguaio. Yago, que poderia ser opção, se recupera de uma operação de hérnia e não atua mais nesta temporada.

Além dos dois zagueiros, Oswaldo provavelmente não terá também o lateral-direito Fagner e o atacante Romero diante da Figueirense. Eles foram convocados para as seleções brasileiras e paraguaias, respectivamente, e jogarão um dia antes da partida.


Caso os dois não possam atuar, Oswaldo deve escalar Léo Príncipe na lateral e Marlone mais à frente. Com dez dias de intervalo entre um jogo e outro, o Corinthians deu dois dias de folga para o elenco. Assim, eles só retornam aos treinamentos na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.