Sem poder jogar na Cisjordânia, Palestina ganha de 6 a 0 pelas Eliminatórias

A Fifa voltou atrás da autorização para que a Palestina mandasse suas partidas pelas Eliminatórias da Copa em Ramallah, na Cisjordânia, mas os palestinos não se deixaram abalar. Nesta quinta-feira, alcançaram expressiva vitória por 6 a 0 sobre a Malásia. O jogo foi disputado em campo neutro, em Amã, na Jordânia. Ahmed Nayea, que joga num clube da segunda divisão de Israel, fez quatro gols na partida.

Estadão Conteúdo

12 Novembro 2015 | 15h10

Pelo mesmo Grupo A, os Emirados Árabes Unidos receberam Timor Leste em Abu Dabi e ganharam por 8 a 0. Lá, foi Ahmed Khalil quem marcou quatro vezes na equipe de língua portuguesa comandada pelo brasileiro Fernando Rogério Alcântara, ex-técnico do Salgueiro-PE.

A liderança da chave é a Arábia Saudita, que folgou na rodada. Os Emirados Árabes Unidos vêm em segundo, com 10 pontos, com a Palestina em terceiro, com nove, mas os palestinos já fizeram seis jogos, contra cinco dos rivais. O primeiro dentre os cinco times do grupo avança de fase. Também os quatro melhores dos oito segundos colocados se classificam.

Pelo Grupo F, a Tailândia venceu Taiwan por 4 a 2 e se aproximou da classificação. A chave tem quatro times porque a Indonésia foi desclassificada. Com 13 pontos em cinco partidas, a Tailândia torce por um tropeço do Iraque, que tem cinco pontos em três partidas. Os dois times se enfrentam em março, no Iraque, com a Tailândia jogando pelo empate.

Por fim, pelo Grupo H, o Usbequistão virou sobre a Coreia do Norte e venceu por 3 a 1, enquanto o Iêmen ganhou das Filipinas por 1 a 0, fora de casa. Com seis jogos já realizados, a Coreia do Norte lidera, com 13 pontos, contra 12 do Usbequistão.

Mais conteúdo sobre:
futebol Eliminatórias da Copa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.