Sem pontuar no Paulistão, Rio Branco demite Zé Teodoro

A diretoria do Rio Branco decidiu demitir nesta segunda-feira o técnico Zé Teodoro, após sofrer a quarta derrota consecutiva no Paulistão, no último domingo, para o Bragantino (3 a 1). A decisão foi tomada mesmo com os próprios dirigentes admitindo que o clube ainda precisará de reforços para evitar o rebaixamento à Série A-2.?Infelizmente tentamos de tudo. O time tem jogadores jovens e ainda estava em formação. Sentíamos muita instabilidade nos jogos", lamentou Zé Teodoro, que chegou a ser sondado pela Ponte Preta. "Tivemos boas apresentações, mas os resultados não entraram.?Agora, a diretoria tenta a contratação de Ruy Scarpino, do Santo André, que ano passado dirigiu o time de Americana no Paulistão. Curiosamente, o Rio Branco divide a lanterna da competição com o clube do ABC, com quatro derrotas e nenhum ponto conquistado.Zé Teodoro foi o terceiro treinador a ser demitido no Paulistão. Antes dele, foram demitidos Marcelo Vilar, do Grêmio Barueri - que acertou nesta segunda-feira com o Ceará - e que será substituído por Sérgio Soares, e Wanderley Paiva, da Ponte Preta.Antes de perder para o Bragantino, o Rio Branco caiu diante do Juventus (3 a 0), Palmeiras (2 a 1) e Ituano (1 a 0). Seu próximo jogo será contra o Paulista, quinta-feira, em Jundiaí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.