Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Sem previsão de volta ao São Paulo, Muricy Ramalho repousa em casa

Coordenador de futebol do clube do Morumbi está afastado desde sábado, após sentir fortes dores nos últimos dias

Redação, Estadão Conteúdo

29 de março de 2021 | 20h38

Muricy Ramalho apresentou melhora da crise de diverticulite, mas não tem previsão de retorno aos seus trabalhos de coordenador de futebol do São Paulo, no CT da Barra Funda. Ele está afastado desde sábado, após sentir fortes dores nos últimos dias.

Esta não é a primeira vez que o ex-treinador sofre com este problema de saúde. Em 2015, quando comandava o São Paulo, Muricy chegou a ser internado por causa de uma crise. Na temporada seguinte, quando estava no Flamengo, ele deixou de trabalhar como técnico, ao alegar problemas de saúde.

Logo após deixar a função de técnico, Muricy passou a trabalhar no Grupo Globo até aceitar o convite do presidente do São Paulo, Júlio Casares, no fim do ano passado, para assumir o cargo na direção do futebol do clube.

Diverticulite é uma inflamação caracterizada principalmente por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino (divertículos) que ficam inflamados ou infectados. Os divertículos, apesar de poderem ser formados em qualquer parte do trato digestivo, como o esôfago, o estômago e o intestino delgado, são mais comumente encontrados no intestino grosso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.