Sem Romarinho, Corinthians goleia São Bernardo por 4 a 1

Jogo-treino foi realizado neste sábado, no CT do Parque Ecológico, em São Paulo, com dois gols do zagueiro Felipe e um de Jadson

Agência Estado

28 de junho de 2014 | 17h52

Depois de 10 dias de preparação intensa em Extrema, no interior mineiro, o Corinthians fez jogo-treino contra o São Bernardo neste sábado, no CT do Parque Ecológico, em São Paulo. Diante do time do ABC, que conseguiu uma boa campanha no último Paulistão, a vitória corintiana foi por 4 a 1.

Sem poder contar com o lateral-direito Fagner e o atacante Romarinho, ambos titulares, que estão com problemas físicas na intertemporada, o técnico Mano Menezes escalou o Corinthians com Cássio; Ferrugem, Gil, Cléber e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano e Guerrero.

Assim, Mano optou por deixar o recém-contratado atacante paraguaio Romero no banco de reservas. A novidade, portanto, foi a presença do volante Elias, que treina com o grupo desde maio e ainda não pôde fazer sua estreia oficial - ele ganhou a vaga de Guilherme no time titular.

Com esse time, o Corinthians venceu o primeiro tempo por 2 a 0, com gols do zagueiro Gil e do meia Jadson. Depois, Mano mandou a campo os reservas para a disputa da segunda etapa, colocando a seguinte formação: Walter; Guilherme Andrade, Felipe, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Guilherme, Danilo e Renato Augusto; Malcom e Romero.

No segundo tempo, quando Mano deu espaço para o time reserva, o zagueiro Felipe marcou dois gols para definir a vitória corintiana no jogo-treino - já no final, o São Bernardo conseguiu descontar.

Agora, o Corinthians faz mais uma semana de treinos antes de disputar amistoso contra o Uberaba, time que participará da terceira divisão do Campeonato Mineiro no segundo semestre. O confronto está marcado para o dia 6 de julho, no Estádio Municipal Engenheiro João Guido, na cidade de Uberaba, no interior mineiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.