Sem Romário, Vasco só empata

Em uma partida tumultuada, o Vasco empatou com o Sergipe, por 1 a 1, em sua estréia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira à noite, em Aracaju. A equipe carioca atuou desfalcada de vários jogadores, dentre eles os atacantes Romário e Euller. No jogo de volta, previsto para a próxima semana, os vascaínos precisam de um empate sem gols ou uma vitória simples para conseguirem a classificação à próxima fase. Desde o início do primeiro tempo, o Sergipe usou a velocidade para surpreender o Vasco. A equipe carioca apelou para as faltas, com o objetivo de parar o adversário, que errava nas finalizações de suas jogadas ofensivas. Aos 15 minutos, o Vasco conseguiu armar sua primeira jogada de ataque e fez seu gol. O atacante Ely Thadeu cruzou a bola pela direita e o meia Felipe chutou da esquerda, inaugurando o marcador. O Sergipe sentiu o gol do Vasco, mas se recuperou e empatou a partida aos 41 minutos, com o atacante Nilson. Antes, o lateral-direito Adeíldo havia feito uma bela jogada, driblando dois atletas do Vasco, mas livre de marcação na grande área, chutou para fora. A partida perdeu em movimentação no segundo tempo, já que as equipes sentiram o forte ritmo da primeira etapa. O Vasco ainda criou boas jogadas, mas o atacante Ely Thadeu desperdiçou a maioria delas. Aos 40 minutos, Nílson e Felipe se desentenderam e o juiz Valdomiro Matias Filho expulsou o jogador sergipano. Seus companheiros de equipe, revoltados, iniciaram uma confusão e interromperam a partida por seis minutos. Reiniciado o confronto, os times apenas administraram o resultado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.