Carlos Gonzalez/AP
Carlos Gonzalez/AP

Sem Suárez e Cavani, Uruguai bate Costa Rica, por 2 a 1, com um gol de Arrascaeta

Meia uruguaio desfalcará o Flamengo neste sábado em duelo contra o Avaí

Redação, Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2019 | 09h26

Sem os astros Luis Suárez e Edinson Cavani, a seleção do Uruguai venceu, por 2 a 1, a Costa Rica, nesta sexta-feira, em amistoso disputado em San José, capital costa-riquenha. Um dos gols foi marcado pelo meia Arrascaeta, que vai desfalcar o Flamengo, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro, diante do Avaí, em Brasília.

Apesar de não contar com seu ataque titular, a seleção uruguaia dominou o primeiro tempo e teve pelo menos quatro boas oportunidades para abrir o placar. Mas o primeiro gol só foi sair aos 42 minutos, em cobrança de pênalti, muito bem batida por Arrascaeta.

O empate da Costa Rica veio logo aos três minutos da etapa final, após linda cobrança de falta de Celso Borges. O goleiro Muslera nem foi para a bola. O placar seguiu igual até os 45 minutos, quando Jonathan Rodriguez aproveitou falha da zaga para fazer o gol da vitória dos uruguaios.

Em outro amistoso, o México ratificou a conquista da Copa Ouro, em julho, ao derrotar mais uma vez os Estados Unidos. Desta vez, em East Ruthenford, os mexicanos marcaram 3 a 0.

Javier Chicharito Hernandez abriu o placar, de cabeça, aos 21 minutos, após bela jogada armada pela direita. Foi o 52º do atacante, o maior artilheiro da seleção mexicana em todos os tempos.

Os demais gols vieram no segundo tempo, fruto de falhas da zaga norte-americana. Erick Gutierrez ampliou a vantagem, aos 33 minutos, enquanto Carlos Antuna, aos 38, definiu a fatura mexicana.

O próximo amistoso da seleção mexicana será diante da Argentina, em San Antonio, no Texas, enquanto os norte-americanos terão pela frente o Uruguai, no Busch Stadium, em Saint Louis, no Missouri. As duas partidas serão na terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.