Sem Tcheco, é a vez de Marco Antônio

Marco Aurélio Cunha, superintendente de futebol do São Paulo, acredita que a ?perda? de Tcheco, que foi para o Santos, pode ser, por vias tortas, boa para o time. ?Vai haver mais espaço para o Marco Antônio, que é um grande talento. Ele voltou do Náutico e vai ser um dos destaques do São Paulo. Pode ser melhor dar força a ele do que ficar contratando por contratar, como no ano passado?, diz. Ele não cita nomes, mas refere-se a Ramalho e Zé Ramalho, volantes que decepcionaram. Nesta segunda-feira, Marco Aurélio, que é médico, examinará o lateral-esquerdo Fábio Santos, que foi cortado da Seleção Sub-20 por conta de uma entorse no tornozelo esquerdo. ?Esse tipo de contusão geralmente deixa o jogador afastado por três semanas. Ele deve voltar em fevereiro.? Assim, o São Paulo estreará no Campeonato Paulista, dia 20, contra o Ituano, com Júnior como titular. Ele, que veio do Parma, não rendeu bem no ano passado, acabou discutindo com Leão e perdendo a posição para Fábio Santos. O volante Alê e o zagueiro Edcarlos disputarão o Sul-Americano Sub-20 a partir de 14 de janeiro, na Colômbia, e desfalcarão o time no início do Paulista. Edcarlos é reserva e Alê será substituído por Mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.