Sirli Freitas / Chapecoense
Sirli Freitas / Chapecoense

Sem técnico e Leandro Pereira, Chapecoense encara confronto direto em Salvador

Gilson Kleina foi expulso na última partida; Guilherme deve ser o substituto do centroavante

Estadão Conteúdo

06 Junho 2018 | 06h14

Animada após arrancar um empate heroico no último sábado diante do Atlético Mineiro por 3 a 3, em Belo Horizonte, mesmo jogando com um a menos desde o final do primeiro tempo, a Chapecoense tem um confronto direto nesta quarta-feira contra o Vitória, às 19h30, no estádio Barradão, em Salvador, pela 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Vitória busca triunfo contra a Chapecoense para deixar a zona de rebaixamento

+ Clubes aproveitam folga da Copa para fazer 'pré-temporada'

Sem vencer ainda como visitante - dois empates e três derrotas -, a Chapecoense está na 14.ª colocação com 10 pontos, dois a mais que o Vitória, o primeiro da zona de rebaixamento.

A delegação alviverde realizou as últimas atividades em Belo Horizonte antes de embarcar nesta terça-feira para Salvador. Suspenso pela expulsão contra o Atlético Mineiro, o atacante Leandro Pereira retornou para Chapecó (SC). Guilherme deve ser o substituto.

Neste jogo, o time catarinense será comandado pelo auxiliar Emerson Cris. Isso porque o técnico Gilson Kleina também foi expulso na partida do último final de semana por reclamar da arbitragem. "Conquistamos um grande resultado em Minas Gerais, mas agora temos mais uma partida difícil contra o Vitória, que está próximo da gente na tabela de classificação. Temos que ter atenção para conquistarmos a primeira vitória fora", comentou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.