Sem técnico, Figueirense quer a reabilitação em casa

Envolto em uma crise, culminada com a derrota para o lanterna Atlético Goianiense na última quinta-feira e que resultou na demissão do técnico Argel Fucks, o Figueirense volta a jogar neste domingo diante do São Paulo, às 16 horas, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Será a décima tentativa de vitória do time alvinegro catarinense em 11 jogos disputados. Nos últimos 10, só conquistou uma vitória e atualmente está incluído na zona de rebaixamento - em 17.º lugar, com oito pontos.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

22 de julho de 2012 | 08h17

Sem um comandante titular - o time deve ser conduzido pelo auxiliar-técnico Abel Ribeiro -, o time deve atuar com a mesma formação da última quinta. O novo treinador, que poderá ser Adilson Batista ou Hélio dos Anjos, deve ser anunciado durante o jogo contra o São Paulo.

Nos últimos dois meses, Argel Fucks foi o segundo treinador a perder o cargo no clube. No início de maio, Branco, ex-lateral-esquerdo da seleção brasileira, foi demitido após perder o título estadual para o Avaí. No comando do Figueirense, Argel conquistou apenas uma vitória em 10 jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.