Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro deve contar com Robinho no lugar de Thiago Neves

Equipe mineira não deve ter o meia e também o volante Éderson, ambos desgastados, na partida contra o Athletico-PR

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2019 | 19h37

O Cruzeiro encerrou na manhã desta terça-feira sua preparação para o jogo contra o Athletico-PR, às 21h30 desta quarta, em Curitiba, sem dois jogadores muito importantes: Éderson e Thiago Neves não participaram do treino realizado na Toca da Raposa 2 e podem ficar fora da partida na Arena da Baixada, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Enquanto a equipe cruzeirense trabalhava em um dos campos da Toca sob as ordens do técnico Abel Braga, o volante e o meia faziam um trabalho leve na academia por não estarem em boas condições físicas. Os dois se desgastaram bastante no jogo diante do Bahia, no último domingo, e por isso podem desfalcar o Cruzeiro na capital paranaense.

Caso Éderson realmente não tenha condições de jogo, Abel dispõe de duas opções para substituí-lo: Ariel Cabral e Jadson. Para a vaga de Thiago Neves, é praticamente certo que o treinador escolherá Robinho.

Fred, suspenso, também não jogará em Curitiba. Ele será substituído por Sassá. O lateral-direito Orejuela é outro que vai cumprir suspensão, o que abrirá espaço para a volta ao time de Edilson, que se considera pronto para lutar para recuperar a condição de titular da equipe mineira.

"Com a chegada do Abel, eu tive a oportunidade de jogar três jogos em sequência com a convocação do Orejuela (para a seleção da Colômbia) e já percebi um crescimento no meu futebol, até mesmo na condição física. Com certeza hoje estou muito melhor preparado para disputar a posição. Estou bem nessa reta final e pronto para ajudar o Cruzeiro", afirmou o jogador, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

E o lateral exibiu confiança na conquista de um bom resultado em Curitiba, onde a equipe cruzeirense tentará se afastar um pouco mais da zona de rebaixamento do Brasileirão - ocupa hoje a 16ª posição, com 33 pontos, apenas dois à frente do Fluminense, que encabeça a área de risco da tabela, em 17º lugar.

Em campo vão estar o Cruzeiro e o Athletico-PR, nem eu sei a escalação. E acho que, independentemente de quem o Abel Braga escolher, estão todos preparados para entrar e fazer o melhor contra um adversário difícil", destacou Edilson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.