Stuart Franklin/ AFP
Stuart Franklin/ AFP

Sem torcida, desempenho dos mandantes cai 20% no Campeonato Alemão

Times da casa venceram apenas oito dos 36 jogos desde o retorno da competição na Europa

Guilherme Bianchini, especial para o Estadão

04 de junho de 2020 | 10h00

Torcida ganha jogo? O debate clichê, tão antigo quanto o futebol, parecia não ter resposta certa por se tratar de um tema teoricamente abstrato. A realização de jogos sem público durante a pandemia do novo coronavírus, porém, traz números concretos para a discussão. No Campeonato Alemão, o desempenho dos times da casa caiu quase 20%, com estádios vazios. 

A porcentagem leva em conta as quatro rodadas desde o retorno da competição, em 16 de maio.  À exceção do Bayer Leverkusen (um) e do Colônia (três), todos os clubes disputaram dois confrontos em casa. Antes da paralisação, os mandantes conquistaram 50,6% dos pontos, ao longo de 224 partidas; sem torcida, o desempenho despencou para 31,5%.

"Querendo ou não, a tocida é um grande fator para quem joga em casa. Na Alemanha, os estádios são todos cheios, o incentivo da torcida é um gás a mais. E isso pode estar fazendo falta", diz Victor Sá, atacante do Wolfsburg.

Nos 36 jogos da nova realidade, quem atua longe de casa está levando ampla vantagem. Os visitantes venceram 18 vezes (metade), contra apenas oito triunfos dos mandantes, além de dez empates. Dos 18 clubes do campeonato da Alemanha, 12 seguem sem sentir o gosto da vitória em seus domínios desde que a bola voltou a rolar.

O líder Bayern de Munique e o Hertha Berlin (9º) são os únicos que venceram as duas partidas em casa após o retorno. Para o Hertha, inclusive, atuar com portões fechados teve efeito contrário. Antes da pandemia, o aproveitamento no Estádio Olímpico de Berlim era de apenas 30%, com três vitórias, três empates e sete derrotas.

Sem torcida adversária para pressionar, os visitantes estão se soltando mais em território inimigo. É o que indica o considerável aumento no número de gols marcados: antes da parada, a média era de 1,5 gol por jogo; nas últimas quatro rodadas, a taxa foi de 1,81, um salto de 20%.

Já para os mandantes, balançar as redes ficou mais difícil. Se com torcida eles marcavam 1,75 gol por jogo, agora a média é de apenas 1,39. Curiosamente, a porcentagem da queda é a mesma do aumento dos gols de visitantes: 20%.

O impacto dos portões fechados é ainda mais sentido no Campeonato Alemão, já que a principal liga do país tem a maior média de público entre os campeonatos nacionais de futebol em todo o mundo. Entre os anos de 2013 e 2018, por exemplo, a Bundesliga teve cerca de 43 mil torcedores por jogo. /COLABOROU CIRO CAMPOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.