Sem três titulares, Inter muda esquema

Sem o líbero Sangaletti, suspenso, e os atacantes Diego e Nilmar, machucados, o técnico Muricy Ramalho decidiu mudar o esquema para o jogo deste sábado, contra o Bahia, na Fonte Nova. O time terá dois zagueiros fixos e dois laterais mais cuidadosos com a marcação, usando a formação 4-4-2 em vez do 3-5-2 com alas liberados para atacar dos últimos jogos.A variação do esquema não é o grande problema do Internacional, que acostumou-se a alternar a distribuição de seus jogadores em campo durante este campeonato nacional. A modificação de maior peso será no ataque. Os garotos Diego e Nilmar, ídolas da torcida, serão substituídos por Jéfferson Feijão e Cidimar. Como não renuncia aos planos de marcar gols também na casa do adversário, Muricy vai dar funções mais ofensivas a Júnior, substituto de Sangaletti, e Élder Granja, que serão encarregados de se juntar aos atacantes para encontrar o caminho do gol em meio à defesa baiana.O Internacional é o quarto colocado no campeonato brasileiro, com 44 pontos, e torce por fracassos do Cruzeiro (48), Santos (48) e São Paulo (46) na rodada para entrar de vez na briga pelo primeiro lugar.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2003 | 16h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.