Sem trio da seleção, Luxemburgo adia definição no Fla

Sem Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Renato, que receberam o dia de folga depois de passar a semana a serviço da seleção brasileira, o técnico Vanderlei Luxemburgo não pôde testar a formação que pretende levar a campo para o clássico de domingo com o Botafogo, no Engenhão. Com isso, a dúvida que cerca o time permanece: como será composto o meio-de-campo.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2011 | 19h01

Com Aírton e Maldonado aptos a jogar, Luxemburgo tem que decidir entre os dois para formar a cabeça de área. Willians é considerado titular absoluto. Uma opção seria escalar os três juntos, como Andrade fez em 2009, com Petkovic completando o setor.

Em 2011, porém, Luxemburgo tem ainda Renato e Thiago Neves e é altamente improvável que deixe um dos dois de fora do clássico. Com isso, a briga entre os volantes está iniciada. E eles comemoram.

"Será uma disputa muito boa. O Aírton é um jogador muito importante, Willians nem se fala, ele é o titular do time. O Vanderlei vai colocar em campo quem estiver melhor", comentou Maldonado.

A expectativa é que a entrada de Airton dê mais sustentação à defesa, tão questionada e frágil nos últimos jogos. Com ele em campo, o Flamengo venceu quatro vezes, empatou duas e perdeu uma, justamente uma goleada por 4 a 1 para o Atlético-GO.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoVanderlei Luxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.