Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Sem trio de ataque, jovens dão show e Barça faz 6 a 1 na Copa do Rei

Munir anota duas vezes na goleada sobre o Villanovense

Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2015 | 19h12

O trio de ataque do Barcelona funcionou mais uma vez. Mas, desta vez, nem Neymar, nem Suárez, muito menos Messi estavam em campo. Três jogadores recém-formados na base do Barça foram escalados como titulares para o confronto contra o Villanovense, da terceira divisão, e marcaram cinco gols na vitória por 6 a 1, fechando confronto válido pela quarta fase da Copa do Rei, a primeira disputada pelos grandes da Espanha.

Apesar do empate por 0 a 0 na ida, o técnico Luis Enrique aproveitou para poupar boa parte dos seus titulares, uma vez que o Villanovense está na zona de rebaixamento de um dos grupos da terceira divisão nacional. Jogaram os que não poderiam ser poupados pelas restrições do elenco.

Daniel Alves é um exemplo, uma vez que Douglas, seu reserva imediato, está machucado. O lateral abriu o placar num golaço aos 4 minutos. Chutou de muito longe e mandou no ângulo direito.

No segundo gol, o goleiro do José Fuentes ajudou muito. Saiu errado e deu a bola para Sandro Ramírez, que estava logo à sua frente e marcou sem dificuldades. Antes de começar o baile, o Villanovense ainda descontou, com belo gol de Juanfran.

Sandro Ramírez, que até então não havia marcado gols na temporada (essa foi sua 15.ª partida oficial), marcou o terceiro após passe de Aitor Cantalapiedra, um jovem de 19 anos que pela primeira vez foi escalado como titular.

Munir, bastante criticado nas vezes que substituiu Messi, marcou o quarto, de cabeça, já na segunda etapa, após cruzamento de Mathieu. Ramírez anotou o quinto, livre na área. Os meninos, ambos de 20 anos, fecharam o placar de forma magistral. Ramírez fez que ia driblar o goleiro e deu de calcanhar para Munir, que bateu para o gol aberto, enquanto o goleiro passava seco.

O Barcelona já fez o segundo confronto da quarta fase da Copa do Rei porque antecipou a partida de ida para poder disputar o Mundial de Clubes. No sábado a equipe joga fora de casa contra o Valencia, pela Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.