Sem vaga na Copa, técnico deixa seleção do Líbano

O técnico alemão Theo Buecker anunciou nesta quinta-feira que está deixando o comando da seleção do Líbano, após ter fracassado na busca pela vaga na Copa do Mundo de 2014. Ele resolveu sair do cargo que ocupava desde 2011 e já acertou para assumir o Al-Ettifaq, clube da Arábia Saudita.

BEIRUTE, 20 (AE), Agência Estado

20 de junho de 2013 | 18h35

O Líbano fez campanha ruim na quarta fase das Eliminatórias Asiáticas da Copa de 2014, ao terminar na lanterna do Grupo A, com apenas cinco pontos em oito rodadas. Assim, não conseguiu classificação para o Mundial no Brasil - Japão, Irã, Austrália e Coreia do Sul ficaram com as quatro vagas diretas.

Com 64 anos, Theo Buecker tem uma longa trajetória como treinador no mundo árabe. Antes do Al-Ettifaq, ele já trabalhou em outros quatro clubes da Arábia Saudita. E também foi o técnico de 16 times diferentes em oito países da região, incluindo Líbia, Egito e Catar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014seleção libanesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.