Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Sem vencer há 3 jogos, diretoria do Cruzeiro cobra Mano e elenco

Reunião aconteceu nesta segunda-feira, um dia depois da derrota para o Fluminense pelo Brasileirão

Estadao Conteudo

23 de abril de 2018 | 19h46

A celebração pelo título estadual já ficou para trás, e o momento no Cruzeiro agora é de cobrança. Sem vencer há três partidas, o elenco celeste e o técnico Mano Menezes receberam integrantes da diretoria para uma reunião nesta segunda-feira, um dia depois da derrota para o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

+ Mano minimiza derrota e diz que Cruzeiro 'não merecia perder' para o Flu

O Cruzeiro já havia sido derrotado na estreia da competição, em casa, pelo Grêmio, e empatado com a Universidad de Chile, em Santiago, pela Libertadores. São três jogos sem vitória e sem marcar gols. Por isso, o vice-presidente de futebol, Itair Machado, teve uma conversa com Mano nesta segunda. Depois, o diretor de futebol, Marcelo Djian, se juntou à dupla e eles conversaram com os atletas.

"Quando os resultados não vêm, temos de parar e analisar algumas coisas, realinhar outras. O time vem fazendo um bom trabalho, o Mano também. O trabalho é bom, mas é preciso realizar algumas coisas. A gente tem um jogo decisivo na quinta e precisamos do torcedor firme e forte, vibrando a cada jogada para a gente atingir nosso objetivo. Precisamos ter atenção em algumas partidas e sobressair sobre o adversário, não deixar de fazer o que a gente pode. Às vezes, estamos perdendo nossa identidade durante os jogos e precisamos estar atentos aos detalhes", analisou o zagueiro Léo.

Este incômodo pelos maus resultados pode ser zerado na quinta-feira, quando o Cruzeiro faz duelo decisivo com a Universidad de Chile, desta vez no Mineirão. Uma vitória mantém a equipe viva na luta por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores, enquanto que a derrota praticamente elimina o time celeste.

 

"No jogo no Chile, tivemos uma estratégia bem montada e poderíamos até ter saído com a vitória, mas a bola não entrou. No domingo, foi a mesma coisa. E agora, vai ser um jogo totalmente diferente, mas temos consciência de que é um jogo valendo nossa vida na Libertadores. É sempre importante a presença do torcedor. Contamos com todo mundo para fazermos um grande jogo e sairmos com a vitória", disse Léo.

Mano deve definir a escalação para a partida nos próximos dias. Nesta segunda, teve uma boa notícia, que foi o retorno do zagueiro Murilo, recuperado de lesão no ombro esquerdo. Ele trabalhou normalmente no campo com os reservas, enquanto os titulares faziam um treino regenerativo na parte interna da Toca da Raposa II.

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro Esporte ClubeMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.