Sem vencer há seis jogos, Avaí recebe a embalada Chapecoense

Sem vencer há seis jogos, o Avaí recebe a embalada Chapecoense neste domingo, às 18h30, na Ressacada, pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto o time anfitrião luta para não terminar 13ª rodada na zona de rebaixamento, os visitantes vêm de duas vitórias consecutivas e tentam encostar no G4.

Estadão Conteúdo

12 de julho de 2015 | 07h53

O técnico Gilson Kleina preferiu não antecipar a escalação do Avaí, mas deve fazer ao menos duas alterações em relação ao time que perdeu para o Palmeiras por 3 a 0 na última rodada. O lateral-direito Nino Paraíba levou o terceiro cartão amarelo e não poderá jogar. Pablo e Everton Silva disputam a vaga.

A boa notícia é o retorno do volante Eduardo Neto, que volta de suspensão. "Ganhamos qualidade, em experiência, uma saída de bola de muita inteligência. Faz uma leitura rápida de jogo. É um jogador que está adaptado ao sistema que estamos utilizando. Temos um grande ganho técnico", afirmou.

Na Chapecoense, o técnico Vinícius Eutrópio não tem problemas na escalação e deve repetir o time que venceu o Grêmio por 1 a 0 e interrompeu uma sequência de cinco triunfos consecutivos do adversário.

"Será mais um jogo difícil. É um clássico e às vezes são os detalhes que decidem. Com todo o respeito que o Avaí merece, mas a gente vai em busca de pontos", disse o goleiro Danilo em entrevista coletiva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAvaíChapecoense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.