Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Sem vencer, Jair Ventura manda recado na Chapecoense: 'Ninguém quer a Série B'

Equipe catarinense está na zona do rebaixamento no Brasileirão e foi eliminada na Copa do Brasil

Redação, Estadao Conteudo

12 de julho de 2021 | 09h48

A cada jogo, a cada novo tropeço, Jair Ventura reformula seu discurso para não parecer repetitivo diante da má fase da Chapecoense. O ex-técnico de Santos e Corinthians ainda não venceu no comando da equipe, que segue sem triunfar no Campeonato Brasileiro. Após levar uma virada do Flamengo, tentou se justificar à torcida por conta da fraca campanha apresentada pela atual campeã da Série B.

"O que eu tenho para dizer à torcida é que aqui temos guerreiros e não iremos desistir tão cedo. Aqui não tem 'eu' ou 'você', aqui na Chapecoense tem o 'nós'. Ninguém quer voltar à Série B. Iremos dar o nosso melhor para no fim do ano comemorar a permanência", disse o treinador.

Jair Ventura também fez questão de pontuar, mais uma vez, que a Chapecoense precisa de reforços para poder brigar contra o rebaixamento no Brasileirão. "A chegada do Carlos (Kila, executivo de futebol) mostra uma necessidade de reposição pela perda de jogadores importantes no ano passado. Espero que ele possa nos ajudar a repor rápido, mas todas ajudas são bem-vindas", ponderou.

O técnico realizou 11 jogos à frente da Chapecoense com sete derrotas, sendo quatro seguidas, e quatro empates. Além da 19.ª colocação do Brasileirão, a equipe de Chapecó (SC) foi eliminada na quarta fase da Copa do Brasil pelo ABC.

No próximo domingo, às 11 horas, a Chapecoense tentará se recuperar contra o Cuiabá, na Arena Condá, em Chapecó, pela 12.ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.