Sem Victor Simões, Portuguesa busca opções ao ataque

Os pequenos detalhes que separavam Victor Simões da Portuguesa tornaram-se obstáculos maiores nesta segunda-feira. O vice-presidente de futebol do clube, Luís Iauca, confirmou que ainda existe o interesse, mas a negociação ficou mais difícil - o empresário Eduardo Uram não deu uma resposta à oferta feita pelo clube.

AE, Agencia Estado

04 de janeiro de 2010 | 18h12

"Tentei falar com ele (Eduardo Uram) algumas vezes, mas não consegui. Assim fica difícil fechar com o Victor Simões", revelou o dirigente, que garante ter alternativas para o ataque. "Já temos outros nomes na lista e vamos anunciar em breve."

Eduardo Uram também cuida da carreira do meia Fellype Gabriel, que a Portuguesa não aceitou emprestar para um clube da Coreia do Sul. "O Fellype fica conosco para 2010. Só vamos negociá-lo em definitivo", confirmou Luís Iauca.

Enquanto busca um atacante, Luís Iauca confirmou a contratação do volante Glauber, que disputou a última Série B do Brasileiro pelo Guarani. O contrato será assinado nesta semana. "Ele já está confirmado", contou o dirigente.

A Portuguesa espera apresentar cinco reforços na quarta-feira: o goleiro Andrey, os laterais Paulo Sérgio e Athirson, o zagueiro Gladstone e o volante Marcos Paulo já assinaram contrato.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaVictor Simões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.