Fabio Mota/Estadão
Fabio Mota/Estadão

Sem visto, Diguinho fica fora da viagem do Fluminense

Além do volante, Thiago Neves também não deve ir para os EUA

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 17h52

RIO - O Fluminense embarca na noite deste sábado para Orlando, nos Estados Unidos, onde fará uma intertemporada de uma semana, aproveitando a paralisação do Brasileirão por causa da disputa da Copa das Confederações. O desfalque na delegação é o volante Diguinho, que ainda não conseguiu tirar o visto de entrada nos EUA e não pôde viajar com o grupo.

Segundo o Fluminense, o visto de Diguinho "está em processo administrativo junto ao consulado e não tem prazo certo de definição". O clube espera que o caso seja resolvido na segunda-feira. Se isso acontecer, a diretoria vai avaliar, junto com a comissão técnica, se o volante embarca para encontrar o grupo nos Estados Unidos ou fica treinando no Rio.

Além de Diguinho, os jogadores Thiago Neves, Rafinha, Kennedy, Anderson e Marcos Júnior, todos em recuperação de lesão, vão ficar no Rio. Em compensação, o grupo de 25 atletas que embarca para os Estados Unidos conta a presença do meia Deco, que foi condenado na última sexta-feira a 30 dias de suspensão após ter sido flagrado num exame antidoping.

Nos Estados Unidos, o Fluminense fará um amistoso contra o time do Orlando City no próximo sábado. E ainda deve disputar alguns jogos-treino, incluindo um com o Cruzeiro, que também realizará intertemporada por lá.

"Será uma experiência importante no mercado norte-americano. O Fluminense busca a internacionalização da marca e vamos para Orlando visando isso", comentou o vice-presidente de futebol do clube, Sandro Lima. "O futebol norte-americano está em franco processo de crescimento. É um terreno promissor. Acreditamos que nossa viagem à Orlando contribuirá e muito para expansão da marca do Fluminense", completou o gerente de futebol, Marcelo Teixeira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseDiguinhoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.