Márcio Cunha/ACF
Márcio Cunha/ACF

Semifinal do Campeonato Catarinense é suspensa após denúncia de jogador irregular

Suposta irregularidade teria acontecido na nona rodada do campeonato, durante a partida entre Hercílio Luz e Brusque

Redação, Estadão Conteúdo

30 de abril de 2021 | 09h35

Marcílio Dias e Chapecoense não mais se enfrentarão neste domingo pelas semifinais do Campeonato Catarinense. A Federação Catarinense de Futebol (FCF) suspendeu o jogo na noite de quinta-feira após denúncia de que o zagueiro Alisson, do Hercílio Luz, teria jogado de forma irregular contra o Brusque, ainda pela nona rodada.

"A FCF tomou conhecimento que o Hercílio Luz teria um atleta irregular no jogo contra o Brusque. Dessa forma, comunicamos a Justiça, que ofereceu denúncia contra o Hercílio Luz referente ao atleta irregular. O que pode ocorrer é o Hercílio Luz perder mais três pontos, o que alteraria a classificação da primeira fase, e mudaria o jogo de quartas de final do Estadual. Seria o Figueirense, nono colocado, contra a Chapecoense. A ida no Orlando Scarpelli e a volta na Arena Condá", disse Rodrigo Capella, procurador jurídico da FCF, à CBN Diário.

Alisson foi expulso na final da Série B do Estadual de 2020 e, julgado em 6 de abril, deveria ter cumprido um jogo de suspensão, no caso no duelo contra o Brusque, mas não fez. O julgamento da possível reviravolta no Campeonato Catarinense será nesta terça-feira, às 19 horas, de forma online.

"Se o Hercílio Luz vai ser punido ou não, depende da Justiça. O Hercílio Luz tem direito de se defender. Vamos ter que estudar as datas, em caso de punição", completou Rodrigo Capella. Além de Marcílio Dias x Chapecoense, Avaí e Brusque fazem a outra semifinal. Serão partidas de ida e volta que definirão os dois finalistas do Campeonato Catarinense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.