Senegal derrota o Zimbábue e obtém vaga antecipada na Copa Africana de Nações

Liderada pelo atacante Mané, do Liverpool, equipe não pode mais ser ultrapassada pelos rivais

Estadao Conteudo

19 de janeiro de 2017 | 19h30

A Copa Africana de Nações, que está sendo realizada no Gabão, conheceu nesta quinta-feira a primeira seleção classificada às quartas de final. E a vaga veio de forma antecipada. Pela segunda rodada do Grupo B, Senegal derrotou o Zimbábue por 2 a 0, na cidade de Franceville, e segue na liderança isolada com seis pontos, não podendo mais ficar abaixo do segundo lugar da chave.

Esta colocação agora é da Tunísia, que se reabilitou da derrota na estreia para os senegaleses e bateu a Argélia por 2 a 1 na outra partida do grupo, também em Franceville. Com três pontos, os tunisianos ultrapassaram argelinos e zimbabuanos, que estão com um cada.

A terceira e última rodada do Grupo B será realizada nesta segunda-feira. Para avançar sem depender de ninguém, a Tunísia busca a vitória contra o Zimbábue. Situação contrária para os zimbabuanos e para a Argélia, que encara Senegal. Ambos precisam vencer e torcer por uma combinação perfeita de resultados.

Para obter a classificação antecipada, Senegal contou com uma blitz ofensiva logo nos primeiros instantes da partida. Assim, os senegaleses conseguiram os dois gols ainda antes dos 15 minutos. O primeiro, aos 10, foi de Sadio Mané, atacante do Liverpool. Três minutos depois, Henri Saivet marcou o segundo.

Na vitória da Tunísia sobre a Argélia, os gols saíram apenas no segundo tempo. Aos cinco minutos, o argelino Aissa Mandi marcou contra e colocou o rival em vantagem no placar. Os tunisianos ampliaram com Naim Sliti, aos 21, e a reação argelina veio muito tarde - Sofiane Hanni diminuiu somente aos 45 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol InternacionalFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.