Pius Utomi Ekpei/AFP
Pius Utomi Ekpei/AFP

Senegal vence em estreia na Copa Africana de Nações com gol de Mané no fim

Uma das favoritas, equipe senegalesa não pôde usar time completo, já que 11 jogadores, dos 28 relacionados, testaram positivo para a covid-19

Redação, Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2022 | 18h38

A seleção de Senegal estreou pela Copa Africana de Nações com vitória nesta segunda-feira graças a um gol solitário do atacante Sadio Mané, craque do Liverpool e principal nome da atual geração senegalesa. O gol da vitória de Senegal contra Zimbábue saiu no "apagar das luzes", aos 52 minutos do segundo tempo, no estádio Kouekong, em Bafoussam, em Camarões.

Uma das favoritas ao título da competição, a seleção de Senegal entrou em campo sem poder contar com exatamente um time inteiro. Onze jogadores, dos 28 relacionados, testaram positivo para a covid-19. Desde que os times tenham ao menos 11 atletas com testes de covid negativos, a Federação Africana anunciou que os jogos serão mantidos.

O goleiro Edouard Mendy, campeão da última Liga dos Campeões com o Chelsea, foi um dos desfalques de Senegal nesta segunda. Ao lado de Mané esteve o meio-campista Gana Gueye, companheiro de Neymar e Marquinhos no Paris Saint-Germain.

Apesar de superior, Senegal teve dificuldades para marcar contra Zimbábue ao longo dos 90 minutos e foi para o tudo ou nada na reta final do jogo. Uma revisão do VAR já nos acréscimos assinalou um pênalti após toque de mão do volante Madzongue, de Zimbábue. Mané foi para a cobrança, aos 52 minutos, e marcou o gol da vitória.

O triunfo de Senegal sobre Zimbábue foi válido pelo Grupo B do torneio, que também tem Guiné e Malawi. O confronto entre os dois nesta segunda terminou com vitória de Guiné também por 1 a 0, com gol marcado por Issiaga Sylla. Na próxima sexta-feira, pela segunda rodada do grupo, Senegal e Guiné se enfrentam, enquanto Zimbábue jogará contra Malawi.

Outras quatro seleções do Grupo C também estrearam na competição nesta segunda-feira. Marrocos, do lateral Hakimi, derrotou Gana pelo placar de 1 a 0. O gol da vitória foi marcado pelo ponta Sofiane Boufal, que atua no Southampton, já aos 38 minutos do segundo tempo.

No outro jogo do Grupo C, Gabão conquistou uma vitória também por 1 a 0 sobre Comores, mesmo sem poder contar com seu principal jogador, o atacante Aubameyang, do Arsenal, que testou positivo para covid-19, após ser flagrado em uma festa ao lado do companheiro Mario Lemina, que joga pelo Nice. Boupendza marcou o único gol da vitória logo aos 16 minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.