Nilton Fukuda/AE - 23/08/2011
Nilton Fukuda/AE - 23/08/2011

Sequência de clássicos no Brasileiro não assusta elenco do Corinthians

Elenco afirma que vitórias sobre arquirrivais serão fundamentais para chegar ao título

VITOR MARQUES, Agência Estado

15 de setembro de 2011 | 17h20

Na luta para manter a liderança do Brasileirão, o Corinthians terá dois clássicos seguidos pela frente. Primeiro, recebe o Santos no domingo, no Pacaembu. Depois, encara o São Paulo na quarta-feira, no Morumbi. Apesar da sequência complicada, os jogadores corintianos acreditam que essa é uma boa oportunidade de tirar pontos de concorrentes diretos e de abrir vantagem na primeira colocação.

"O principal é manter a liderança. A importância dos clássicos é tirar pontos dos concorrentes e ter mais uma vantagem em cima deles no campeonato", disse o lateral-esquerdo Ramon, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT do Parque Ecológico. "Dá moral quando se vence um clássico", completou o zagueiro Leandro Castán, outro titular do técnico Tite no time do Corinthians.

Apesar da queda de rendimento do Corinthians nas últimas rodadas, os jogadores mostraram confiança na luta pelo título brasileiro. "Não vou dizer que seremos campeões, mas temos tudo para ser campeão. Se tem alguém apostando na gente, pode continuar apostando suas fichas", avisou Ramon. "Nossa equipe está no caminho certo, apesar da oscilação. Temos um grupo com muita qualidade", concordou Leandro Castán.

Os dois defensores corintianos também comentaram nesta quinta-feira sobre o desafio de enfrentar o forte ataque santista, que conta com o astro Neymar e o artilheiro Borges. "Em qualquer erro, eles podem decidir qualquer partida. O Neymar é um grande jogador. É driblador, leve, tem que diminuir os espaços dele. E o Borges é um camisa nove, que faz gol", alertou Leandro Castán.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.