Sequência decisiva não assusta elenco do Vasco

O Vasco recebe o Guarani, sábado, no Maracanã, com a primeira colocação em jogo. A diferença entre os clubes é de apenas três pontos (49 a 46), mas os campineiros, caso vençam, passariam à frente pelo número de vitórias. A sequência de jogos com adversários diretos pelas vagas de acesso à Série A, aliás, empolga os jogadores vascaínos.

AE, Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 19h48

"É bom pegar esses confrontos diretos no início do segundo turno. As coisas estão se encaminhando bem e cada vitória é um passo a mais rumo ao acesso", comentou o atacante Elton, autor do gol contra o São Caetano. "Estamos cada vez mais perto do nosso objetivo. Só não podemos deixar a ansiedade tomar conta".

Para o técnico Dorival Júnior, a caminhada no returno é mais difícil, pois a pressão sobre todos os times aumenta, seja na luta para subir de divisão ou para evitar a queda. "Ainda vamos enfrentar Ponte Preta, Figueirense e Portuguesa. O returno é mais difícil do que a fase inicial, mas estamos jogando de maneira equilibrada", apontou o treinador vascaíno.

Dorival terá dois desfalques importantes no sistema defensivo: o zagueiro Gian e o volante Nilton estão suspensos - Fernando e Mateus devem ser os substitutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.