Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Sequência fora de casa desafia Corinthians a melhorar rendimento

Sem ganhar como visitante no Brasileiro há mais de um mês, clube terá pela frente nesta semana Ceará e Palmeiras

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 Setembro 2018 | 11h00

A agenda do Corinthians nesta semana será cruel. O elenco admite estar cansado pela sequência de jogos e agora terá pela frente uma combinação de compromissos complicados. Ter de enfrentar fora de casa o Ceará, na quarta-feira, e o Palmeiras, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro representa um desafio extra para o clube do Parque São Jorge, que tem se dado mal longe dos seus domínios.

Em dez partidas como visitante neste Brasileiro, o Corinthians perdeu sete vezes, empatou uma e ganhou duas vezes. O aproveitamento é de 23%. O último resultado positivo longe da Arena Corinthians foi há mais de um mês na goleada por 4 a 1 sobre o Vasco, em Brasília. O outro triunfo no papel de visitante foi diante do lanterna Paraná, na segunda rodada do Brasileiro.

O adversário seguinte, Ceará, conquistou uma vitória importante neste domingo ao bater o Flamengo, no Maracanã, e será o próximo a tentar explorar a fraqueza corintiana como visitante. A situação atual é inversa à vivida no ano passado pelo clube. O Corinthians campeão do Paulista e do Brasileiro de 2017 fechou a temporada com aproveitamento de 60% como visitante.

Segundo o atacante Roger, a equipe não conseguiu fazer um bom jogo no último sábado, ao empatar em casa com o Atlético-MG, por se sentir desgastado depois de dias antes ter enfrentado o Colo-Colo, pela Libertadores. "Acho que o cansaço atrapalhou. Quarta-feira a gente deu tudo, e você tem que três dias depois enfrentar o Atlético descansado, inteiro. Faz diferença", explicou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.