Serginho minimiza vantagem vascaína na final do Carioca

O volante cruzmaltino Serginho minimizou nesta quinta-feira a vantagem conquistada pelo Vasco para a partida decisiva diante do Botafogo, domingo, no Maracanã. Após vencer o jogo de ida por 1 a 0, o time vascaíno precisa somente de um empate para voltar a conquistar o campeonato Carioca. Para o jogador, porém, essa vantagem só poderá fazer a diferença nos minutos finais.

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 19h46

"Não digo que somos favoritos. A vantagem só é usada depois de 30, 35 minutos do segundo tempo. Aí, sim, o time que precisa da vitória vai ter que usar a inteligência. Estamos trabalhando, respeitando os jogadores. Vamos buscar um grande jogo", disse o volante, em entrevista coletiva concedida após o treino em São Januário.

"Cada jogador tem que ter essa mentalidade de que não tem nada ganho. Sabemos que temos 90 minutos pela frente e buscamos o título. Então, não tem nada a comemorar", considerou Serginho. "Se Deus quiser e for campeão, aí sim vou comemorar muito. Estou com a cabeça focada, mas sempre respeitando o adversário".

O volante, porém, não escondeu o desejo de conquistar o Carioca "Seria muito bom disputar meu primeiro estadual aqui e levantar a taça. É o sonho de todo jogador. Vai ter um lugarzinho especial", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.