Sérgio Manoel é a dúvida da Portuguesa

O meia Sérgio Manoel, fortemente gripado, é a maior dúvida do técnico Heriberto da Cunha para o jogo de sexta-feira, contra o Avaí, no Canindé. O jogador não participou dos treinamentos de hoje e será reavaliado pelo Departamento Médico da Portuguesa nesta sexta-feira. Se for vetado, o meia Nenê, que treinou entre os titulares ontem, será o seu substituto. "Espero poder contar com o Sérgio Manoel. Nesse momento do campeonato, precisamos de todos para buscar nosso objetivo, que são as vitórias, para obtermos a classificação", disse Heriberto. Ao contrário do que estava previsto, o treinador preferiu não realizar um coletivo, hoje, e insistiu no trabalho tático, de posicionamento ofensivo e de saída de jogo da equipe. Novamente, exigiu muita participação dos laterais Rissutt, pela direita e Cláudio, pela esquerda, e dos meias Nenê e Danilo. "Precisamos vencer as partidas que temos pela frente, mas temos de saber como vencer: com tranqüilidade e nos posicionando corretamente em campo", observou Heriberto. Apesar da situação complicada do time - pelos cálculos da comissão técnica, precisa vencer 14 dos 18 pontos que tem a disputar - o atacante Müller confia na classificação para a próxima fase. "O campeonato está muito equilibrado, com uma ou duas vitórias e uma combinação de resultados, poderemos voltar ao grupo dos oito melhores." Visita - Os ex-jogadores Nelsinho e Careca estiveram hoje à tarde no estádio do Canindé, revendo os ex-companheiros de São Paulo, Heriberto, técnico da Lusa, e Müller. "Se quiser, além de visita, o Careca pode virar reforço", brincou Heriberto. "Fico feliz vendo o Heriberto como treinador. Tem tudo para fazer sucesso, assim como aconteceu quando era atleta", disse Careca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.