Sérgio pega pênalti e Portuguesa empata com Flamengo

A liderança mais folgada do Campeonato Brasileiro estava nas mãos do Flamengo, mas foi tirada pelo goleiro Sérgio, da Portuguesa, nesta quarta-feira. Os dois times empataram por 2 a 2, pela 14.ª rodada, no estádio do Canindé. Com o resultado, os paulistas vão a 16 pontos e continuam a rondar a zona do rebaixamento, no 15.º lugar. A equipe da Gávea chegou aos 27 pontos e vê sua distância aos adversários diminuir.O primeiro tempo foi bastante movimentado. Já na escalação inicial, a Portuguesa se mostrou mais ofensiva, com Jonas, Diogo e Washington no ataque. Com isso, cedeu espaços na defesa. E foi em uma destas desatenções que o Flamengo abriu o placar. Aos 34 minutos, após escanteio da direita, o zagueiro Ronaldo Angelim desviou com a mão na segunda trave, mas o juiz validou o gol.Logo depois, aos 36, Fábio Luciano puxou Bruno Rodrigo na área e o árbitro deu outro pênalti. Diogo precisou bater duas vezes para marcar. O Flamengo, contudo, chegou ao segundo gol aos 42 minutos, com Ibson aproveitando rebote do goleiro Sérgio. No segundo tempo, a história do jogo não se alterou. A Portuguesa chegou ao empate logo aos dois minutos. Diogo, de novo de pênalti, marcou seus segundo no jogo.O time passou a impor seu jogo a partir dos 18 minutos, quando Diego Tardelli foi expulso. Mesmo com um a mais, a equipe da casa pressionou, mas não conseguiu superar a retranca flamenguista. No final, os visitantes tiveram a chance de marcar o terceiro, mas Sérgio defendeu duas vezes penalidade cobrada por Ibson. No próximo domingo, às 18h20, a Portuguesa volta a campo para o clássico contra o São Paulo, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Nos mesmos dia e horário, o Flamengo encara o Botafogo, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Ficha técnicaPortuguesa 2 x 2 Flamengo Portuguesa - Sérgio; Patrício, Bruno Rodrigo, Ediglê e Bruno Recife; Gavilán, Edno e Preto; Jonas, Diogo e Washington (Vaguinho). Técnico: Valdir Espinosa. Flamengo - Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Cristian, Éder (Maxí) e Ibson; Diego Tardelli e Souza (Obina). Técnico: Caio Júnior.Gols - Ronaldo Angelim, aos 35, Diogo (pênalti), aos 39, e Ibson, aos 42 minutos do primeiro tempo. Diogo (pênalti), aos 2 minutos do segundo tempo.Árbitro - Evandro Rogério Roman (Fifa-PR).Cartões amarelos - Gavilán, Sérgio, Preto e Washington (Portuguesa); Fábio Luciano e Juan (Flamengo).Cartão vermelho - Diego Tardelli (Flamengo).Renda e público - Não disponíveis.Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.