Matthew Childs/Reuters
Matthew Childs/Reuters

Sergio Ramos acredita que título mundial tornaria ano do Real inesquecível

Equipe espanhola já conquistou quatro títulos neste ano; capitão elogiou o Grêmio e diz que jogo, neste sábado, não vai ser fácil

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2017 | 17h58

O capitão do Real Madrid, Sergio Ramos, entende que o título do Mundial de Clubes de 2017 tornaria a temporada inesquecível para a história do clube. O time madrilenho disputa a final do torneio contra o Grêmio, neste sábado, às 15 horas (de Brasília), em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O Real Madrid já conquistou quatro títulos neste ano, tendo levantado as taças do Campeonato Espanhol, da Supercopa da Espanha, da Supercopa Europeia e da Liga dos Campeões da Europa, o principal título do continente. Agora, então, tentará fechar o ano com uma nova conquista do Mundial de Clubes.

Luan diz que Grêmio precisa manter mesmo esquema contra o Real

Renato admite favoritismo do Real, mas avisa: 'O Grêmio não veio aqui passear'

Antes de 'jogo da vida', Renato reafirma ter sido melhor que Cristiano Ronaldo

"Existe um título em disputa e queremos dar uma alegria aos torcedores. É uma nova oportunidade de nos firmarmos como campeões do mundo. Outra final, que vamos enfrentar com entusiasmo e com muita vontade de voltar para casa com mais um título. Ganhar o Mundial de Clubes seria fechar um ano inesquecível", declarou o zagueiro espanhol em entrevista coletiva, nesta sexta-feira.

Recuperado de dores na coxa, Sergio Ramos foi confirmado entre os titulares pelo técnico Zinedine Zidane para a decisão. O zagueiro revelou que o grupo estudou a partida entre Grêmio e Pachuca, do México - válida pela semifinal do Mundial e vencida pelo time gaúcho por 1 a 0 na prorrogação - e fez elogios à equipe brasileira.

"São tecnicamente muito bons e com jogadores que marcam bem e saem rápido no contra-ataque. Não vai ser fácil. É uma equipe que compete muito bem, com um treinador que era jogador e isso sempre é transmitido ao grupo. Estamos prontos para disputar esse título", completou Sergio Ramos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.