EFE
EFE

Sergio Ramos treina normalmente e deve reforçar o Real no clássico

Zagueiro está recuperado de lesão nas costas

Estadão Conteúdo

30 de março de 2016 | 15h47

O zagueiro Sergio Ramos deve reforçar o Real Madrid no clássico deste sábado diante do Barcelona, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. O jogador se mostrou recuperado de contusão nas costas, trabalhou normalmente nesta quarta-feira e deve ficar à disposição do técnico Zinedine Zidane para o confronto.

Sergio Ramos foi cortado da seleção espanhola depois de acusar fortes dores nas costas no empate por 1 a 1 em amistoso diante da Itália, quinta-feira, na cidade de Údine. O jogador não enfrentou a Romênia no domingo, voltou a Madri para realizar tratamento e imediatamente se transformou em dúvida para o clássico.

Só que o zagueiro se recuperou rapidamente do problema físico. Na terça-feira, Sergio Ramos já havia participado do treinamento do Real, mas somente nesta quarta voltou a trabalhar sem limitações ao lado dos companheiros na atividade técnica e tática comandada por Zidane.

Depois do treino, Gareth Bale falou com a imprensa e explicou o plano do Real para derrotar o rival. "Devemos atacar o Barcelona e explorar suas debilidades. Temos que marcar e simplesmente ganhar a partida. Será difícil. Estão jogando muito bem, mas devemos dar 100%. Temos um plano de jogo e se jogarmos em alto nível, podemos ganhar no Camp Nou."

Bale acredita não só na vitória sobre o Barcelona na casa do rival, mas também em tirar o título espanhol das mãos dos catalães. Atualmente, o time de Messi, Neymar e Suárez lidera a competição com 76 pontos, dez à frente do Real, que é apenas o terceiro colocado.

"Tudo é possível no futebol. Sabemos que estamos dez pontos atrás e lutaremos até o fim. O Campeonato Espanhol é possível e se ganhamos no sábado, estaremos sete pontos atrás. Nunca se sabe o que pode acontecer. Daremos 100% e tentaremos ganhar. Vamos de partida em partida", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.