Sérgio Soares testa Atlético-PR com três atacantes

Sérgio Soares testou uma formação mais ofensiva no treino do Atlético Paranaense nesta quinta-feira. De olho em uma vaga na Copa Libertadores, o técnico comandou o coletivo no esquema 4-3-3, com três atacantes. Sem Paulo Baier, suspenso, ele deverá escalar Maikon Leite ao lado de Guerrón, Nieto ou Bruno Mineiro no ataque.

AE, Agência Estado

25 de novembro de 2010 | 17h56

Maikon Leite ocupou a vaga de Baier, enquanto Branquinho foi incumbido de armar as jogadas no meio-campo. Ele deverá atuar ao lado de Vitor, substituto de Chico, que também cumprirá suspensão no domingo, diante do Ceará.

No ataque, Guerrón treinou normalmente, apesar de estar se recuperando de uma contratura muscular na região lombar. Já Nieto deu um susto durante o treino e virou dúvida. Ele sentiu dores no tornozelo e precisou ser substituído por Bruno Mineiro. Na defesa, Rafael Santos entrou no lugar de Rhodolfo, também suspenso.

"Os desfalques são jogadores importantes, mas quem entrar vai dar conta do recado. A formação que penso para o jogo é o sistema 4-3-3, mas teremos mais dois treinos em Fortaleza e, de repente, posso mudar alguma coisa. O Rafael esteve muito bem na ausência do Rhodolfo. O Vitor tem mais pegada e o Maikon entra para explorar os lados. Ele encaixa bem no 4-3-3", avaliou o treinador.

O Atlético ocupa a quinta posição da tabela, com 56 pontos, apenas um a menos que o Grêmio, quarto colocado no Brasileirão. O quarto lugar só garantirá vaga na Libertadores se o Goiás não conquistar o título da Copa Sul-Americana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.