Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Seria legal receber 'mala branca', diz zagueiro santista

Revelado pelo Palmeiras, defensor afirma que gostaria de ganhar um incentivo para equipe vencer ou mesmo empatar com o Vitória

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

03 de dezembro de 2014 | 20h11

David Braz disse nesta quarta-feira que seria legal receber algum dinheiro para o Santos vencer, ou pelo menos empatar, o jogo contra o Vitória, domingo, no Barradão, pela última rodada do Brasileirão. Esse resultado provocaria o rebaixamento do time baiano e seria benéfico para o Palmeiras, que luta para não cair. Diante disso, o zagueiro santista admitiu estar aberto a ganhar a famosa "mala branca".

"Se vier um dinheiro a mais, seria legal, eu ficaria feliz, mas até agora não saiu nada disso e temos de fazer nosso trabalho. Eles (do Palmeiras) só dependem deles. Vamos fazer o nosso, sem pensar neles. Queremos terminar a temporada com vitória. Queríamos Libertadores, mas não deu. Agora queremos ganhar", afirmou David Braz, companheiro de zaga de Edu Dracena no time santista.

Embora considere normal a prática da "mala branca" no futebol brasileiro, David Braz revelou que jamais recebeu prêmio extra de terceiros para vencer uma partida. "Infelizmente nunca veio um dinheiro a mais. Se acontecer, não haveria problema. É uma coisa que faz parte do futebol, mas que tem de ser entre nós (jogadores) e não pode sair na imprensa. Se acontecesse, vocês (jornalistas) não ficariam sabendo", explicou.

Sobre o risco de ser denunciado pela procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelas suas declarações sobre a "mala branca", assim como aconteceu recentemente com o goleiro palmeirense Fernando Prass, David Braz mostrou-se tranquilo. "Ser denunciado por quê? Por não ter recebido nada?", afirmou.

Ex-jogador de Palmeiras e Vitória, David Braz garantiu não ter motivos para torcer por nenhum dos dois na luta contra a descenso. Ele cobra na Justiça o que deixou de receber do clube baiano durante o período em que foi emprestado pelo Santos e também trava uma antiga disputa judicial com o Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDavid BrazBrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.