Alberto Saiz/AP
Alberto Saiz/AP

'Seria muito lindo vencer o Barcelona', diz Diego Costa

Confronto entre Atlético de Madrid e o clube catalão vale a liderança do Campeonato Espanhol

Agência Estado

09 de janeiro de 2014 | 15h45

MADRID - O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa destacou nesta quinta-feira a importância do confronto no qual o Atlético de Madrid enfrentará o Barcelona, neste sábado, às 17 horas (de Brasília), em busca da liderança isolada do Campeonato Espanhol. Empatado com o rival na ponta da tabela, com 49 pontos, a equipe madrilenha terá a vantagem de atuar em casa para superar o favoritismo do poderoso rival, fato que também foi enaltecido pelo jogador.

"Sabemos que é muito complicado ganhar do Barcelona, mas seria muito lindo ganhar em nossa casa e virarmos líderes. Acho que é muito difícil, sabemos o quão complicado será o jogo, mas sabemos também as nossas opções e se estivermos unidos podemos alcançar algo positivo", disse Diego Costa, em entrevista coletiva.

Em seguida, o atacante enfatizou o peso do fator campo para o Atlético de Madrid, que atuará apoiado pela sua torcida no Estádio Vicente Calderón. "O Barcelona é um dos melhores times do mundo, mas sabemos que este é o nosso momento e jogamos em nossa casa", completou, antes de enfatizar que para superar o Barça é preciso mostrar força coletiva e "jogar como um time".

Já ao ser lembrado do fato de que essa será também a segunda partida de Messi desde o retorno do argentino aos gramados, Diego Costa disse que a presença do astro será positiva para o clássico. Recuperado de lesão muscular que o deixou fora dos gramados por dois meses, ele voltou a jogar na última quarta-feira marcando dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Getafe, pela Copa do Rei.

"Messi é Messi, vai ser lindo tê-lo no Calderón. Espero que não esteja em seu dia, apesar de sabermos que tem muita vontade de jogar porque ficou muito tempo fora. Porém, temos gente na defesa que pode pará-lo", disse o jogador, atual vice-artilheiro do Campeonato Espanhol, com 19 gols, atrás apenas de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, autor de 20 bolas na rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.