Série B: campeão e vice ficam sem taça

Apesar da festa ter tomado conta das cidades de Fortaleza e Taguatinga, dos estádios Castelão, em Fortaleza, e Fonte Nova, em Salvador, nem Brasiliense, campeão da Série B de 2004, nem Fortaleza, vice-campeão, receberão os louros da glória. Como antes da rodada ainda não se sabia em qual cidade seria comemorado o título, a CBF resolveu não enviar as taças aos estádios. "Seria indelicado mandar para um dos locais", definiu o diretor-técnico, Virgílio Elíseo. Na segunda-feira a entidade fará um pronunciamento sobre como se dará a premiação.Em Fortaleza, é vontade dos diretores do clube que seja realizada uma partida amistosa entre os dois times, no estádio Castelão, para que seja feita a troca de faixas e as entregas das taças de campeão e vice.Pela carga de emoção e por ter sido em casa, o acesso do Fortaleza bateu recordes de comemoração. Do estádio os jogadores foram levados em carro aberto até um parque da cidade, onde seguiu a festa. Um dos mais emocionados do elenco era o atacante Guaru, um dos destaques do time na trajetória. Ele dedicou a conquista a seu pai, que faleceu há cerca de um mês. "Estou especialmente feliz por este acesso. Dedico a vitória ao meu pai, que se foi há pouco tempo" disse, emocionado.O clima de final de temporada não condiz com a seqüência do trabalho do Fortaleza. Apesar da comemoração, o elenco se reapresenta na segunda-feira e já se concentra para mais uma decisão. Na quarta-feira, dia 15, o Fortaleza decide o Campeonato Cearense com o Ceará. A final causou polêmica no Estado e, por falta de datas, não foi realizada no primeiro semestre, quando foi disputada a competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.