Série B copia regulamento da Série A

Em reunião na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Centro, os 26 representantes dos clubes da segunda divisão do Campeonato Brasileiro decidiram realizar a competição seguindo o modelo da Série-A. Uma das principais medidas adotas foi a de que a CBF vai vistoriar os estádios onde acontecerão os confrontos para certificar sua capacidade e segurança. "Vamos ver se na primeira fase todos poderão abrigar, no mínimo, dez mil pessoas. Na final, o local precisará ter capacidade para 15 mil torcedores", explicou o diretor do Departamento Técnico da CBF, Virgílio Elísio. "O preço dos ingressos será de cinco reais." Na primeira fase, os 26 clubes realizam 25 partidas, classificando para a segunda etapa os oito melhores. Os classificados jogarão as fases seguintes em disputa mata-mata, com partidas de ida e volta. Sobre o critério de descenso, cairão seis para a Série-C e dois serão promovidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.