Série B: mudanças na forma e no acesso

Reunidos para um almoço de confraternização, nesta terça-feira, na Barra da Tijuca, Região Oeste do Rio de Janeiro, dirigentes dos clubes filiados à Futebol Brasil Associados (FBA) fecharam questão para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B de 2006. A competição terá duas novidades: será disputada em dois turnos, com acesso de quatro clubes para a Série A, em 2007. A decisão, porém, depende da aprovação da Confederação Brasileira da Futebol (CBF). O departamento técnico confirmou que protelou a definição para meados de janeiro, dando um tempo para que a Sport Promotion, empresa que busca recursos para a Série B, consiga mais receitas para a disputa em dois turnos, portanto, com 38 rodadas. No momento as cotas de patrocínios cobrem apenas as despesas relativas ao transporte e acomodações. "Não adianta os clubes mudarem a fórmula de disputa se não tiverem dinheiro para cumprirem seus compromissos", comentou Marco Antônio Teixeira, secretário geral da CBF, que aprova o acesso de quatro clubes, ao invés dos dois atuais. Nesta temporada subiram Grêmio, campeão, e Santa Cruz, vice-campeão. O objetivo da CBF é oficializar o acesso e descenso de quatro clubes nas três divisões: A, B e C. O Campeonato Brasileiro da Série B terá quatro campeões nacionais: Atlético-MG (1971), Guarani (1978), Coritiba (1985) e Sport Recife (1987).

Agencia Estado,

06 de dezembro de 2005 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.