Série B: Santo André defende liderança

Embalado por duas vitórias convincentes nas duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B, o líder Santo André retorna a campo nesta sexta-feira, às 20h30, para enfrentar o Vitória, no Estádio Bruno Daniel, no ABC. O jogo terá transmissão do SporTV.As vitórias por 3 a 0 sobre o CRB, em Alagoas, e por 4 a 0 sobre o Marília, no ABC, são as credenciais do time paulista. O início fulminante lhe vale a liderança, com seis pontos e um saldo de sete gols. Porém, na Copa Libertadores, que disputa paralelamente, o representante do ABC foi praticamente eliminado no Grupo 4. O Vitória é o terceiro colocado, ao lado do Caxias, com quatro pontos e um saldo e dois gols."Não podemos nos iludir com os bons resultados. O Vitória tem um grande time e, com certeza, vai dar muito trabalho", alerta o volante Ramalho que conhece muito bem o adversário, pois jogou na equipe baiana nas temporadas de 2002 e 2003.Mas não é apenas o volante que já conhece o rubro-negro baiano. O zagueiro Dedimar, que volta ao time recuperado de contusão, foi revelado pelo Vitória. Já o recém-contratado Valdomiro, disputou o último Estadual pelo Bahia, maior rival em Salvador. O zagueiro, no entanto, deve começar a partida no banco de reservas.Sérgio Soares terá dois desfalques para escalar a equipe. A primeira ausência é a do goleiro Júlio César, que segue se recuperando de lesão no joelho direito e continua cedendo seu lugar a Júnior Costa. Outro desfalque certo é o zagueiro Gabriel, que torceu o tornozelo direito no treino e será substituído justamente por Dedimar.Alegando querer "confundir um pouco o adversário", o técnico Renê Simões utiliza a cautela para definir o Vitória. Algumas mudanças já foram reveladas, como a entrada de Arivélton no meio de campo no lugar de Ferdinando e a volta do meia Zé Roberto. No entanto, as alterações eliminam a possibilidade do esquema com três atacantes, como aconteceu na vitória por 2 a 0 sobre o Vila Nova-GO.A única dúvida é a de quais atacantes serão os titulares. O duelo, à princípio, é entre Alecsandro e Marcelo Ramos, que inclusive começou o treino como titular, mas foi ofuscado por quatro gols marcados pelo rival. "Jogador comigo se escala", disse Simões, dando a entender que Alecsandro vai para o jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.