Série B tem rodada com briga pela vice-liderança

Pela primeira vez na temporada, o Campeonato Brasileiro da Série B terá uma rodada completa no mesmo dia. Todos os dez jogos da 11.ª rodada serão disputados nesta terça-feira. O líder Guarani encara o Duque de Caxias, às 21 horas, no Rio de Janeiro. Nas outras nove partidas, a principal atração é a briga pela vice-liderança, cada vez mais acirrada.

AE, Agencia Estado

14 de julho de 2009 | 08h04

No estádio Giulitte Coutinho, em Edson Passos (campo do América), único invicto e com oito vitórias, o Guarani quer aproveitar a irregularidade do Duque de Caxias, que não vence há quatro jogos, para igualar a marca de invencibilidade do Corinthians na temporada passada. Em 2008, o time de Parque São Jorge ficou 11 partidas sem perder, enquanto o surpreendente Guarani já está há dez.

Em São Paulo, é o vice-líder Atlético Goianiense que vai tentar manter a invencibilidade, de cinco jogos, contra a Portuguesa. Após golear o Paraná, o time goiano passou a somar 20 pontos - seis a menos que o Guarani. A Lusa, por sua vez, apenas empatou com o São Caetano, no ABC, mas mesmo assim segue entre os primeiros - na quinta posição, com 18.

Em Taguatinga, o Brasiliense pega o Ceará para se recuperar da derrota para o Guarani. O insucesso fez o time do Distrito Federal cair para a terceira colocação, com 19 pontos. Por outro lado, o Ceará reagiu ao bater o ABC e agora soma 13 pontos, na 12.ª posição.

Fechando o G-4, o América-RN, embalado pela goleada sobre o Bahia, vai a Fortaleza encarar o time da casa. Com 18 pontos, a equipe potiguar está na quarta colocação, bem a frente do adversário - em 15.º lugar, com apenas 11.

Em Caxias do Sul, o Juventude encara o Figueirense para encerrar o jejum de três jogos sem vitórias. O time gaúcho tem apenas oito pontos, na modesta 16.ª colocação. O Figueirense, por sua vez, já tem 17, na sexta posição, após vitórias sobre Bahia e Fortaleza.

Em Campinas, a Ponte Preta vê uma boa chance de se reabilitar após a derrota para o Vasco. O time campineiro encara o Campinense, penúltimo colocado, com apenas seis pontos. Já a Ponte tem 17, no sétimo lugar.

Em Goiânia, o Vasco tenta confirmar seu favoritismo contra o Vila Nova. Com 17 pontos, na oitava colocação, o time carioca quer voltar ao G-4. O clube goiano, por sua vez, pensa na reabilitação após completar cinco jogos sem vitórias.

Em Natal, ABC e São Caetano fazem o embate dos desesperados. O time da casa está na 18.ª colocação, com sete pontos e não vence há quatro jogos. Tanto que o técnico Arturzinho caiu após a derrota para o Ceará e Flávio Lopes já vai estrear. Mas a situação do time paulista é ainda pior. Na lanterna com apenas seis pontos, o São Caetano não sabe o que é vitória desde a segunda rodada. Sem falar que o técnico Antônio Carlos ainda não venceu em sua nova profissão. São três derrotas e três empates.

Confira a 11.ª rodada da Série B:

Terça-feira

19h30

Ponte Preta x Campinense

Juventude x Figueirense

Brasiliense x Ceará

Paraná x Ipatinga

21 horas

Duque de Caxias x Guarani

Vila Nova x Vasco

21h50

Fortaleza x América-RN

Bahia x Bragantino

ABC x São Caetano

Portuguesa x Atlético-GO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.