Site/Joinville
Site/Joinville

Série C do Brasileiro tem quatro demissões após a 14ª rodada

Últimos colocados da chave, Luverdense, Tombense, Tupi e Joinville foram os times que optaram por desligar seus treinadores

Estadão Conteúdo

16 de julho de 2018 | 20h30

A 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro tirou o emprego de quatro técnicos do Grupo B, mesmo restando apenas quatro rodadas para o fim da primeira fase. Últimos colocados da chave, Luverdense, Tombense, Tupi e Joinville foram os times que optaram por desligar seus treinadores após novas decepções dentro de campo.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

A situação mais dramática é a do Joinville. Na lanterna, com dez pontos, o time foi goleado por 5 a 0 pelo Cuiabá e a diretoria decidiu encerrar a passagem de Márcio Fernandes nesta segunda-feira. Em nove partidas, ele perdeu seis, ganhou duas e empatou uma. Enquanto o novo técnico não é definido, o time catarinense será comandado por Pedrinho Maradona, que atualmente treina o time sub-20.

Acima do Joinville, com 14 pontos, o vice-lanterna Tupi também resolveu mudar o comando técnico. Após a derrota por 4 a 2 para o Botafogo-SP, o clube mineiro demitiu Eugênio Souza, que saiu após três vitórias, quatro derrotas e um empate. Ailton Ferraz, que comandou o time em 2017 e estava no Brasiliense, já foi anunciado como o novo treinador.

Quem também não resistiu a mais um tropeço foi Ramon Menezes, desligado do Tombense após derrota por 1 a 0 para o Operário-PR. O resultado fez o time chegar a um jejum de seis jogos sem vitória e zerou as chances de classificação às quartas de final. A equipe de Tombos é a oitava colocada, com 15 pontos, a um da zona de rebaixamento. O substituo de Ramon deve ser anunciado até terça-feira.

Assim como o Tombense, o Luverdense chegou ao sexto jogo sem vitória ao ser derrotado por 2 a 0 para o Volta Redonda. Agora, está na sétima colocação, com 15 pontos. Após reunião nesta segunda-feira, a diretoria anunciou o desligamento de Luizinho Vieira e confirmou que Maico Gaúcho, atual diretor executivo e auxiliar técnico, vai comandar o time nas últimas rodadas da Série C.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.