Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Série de vitórias no 1º turno motiva Santos por nova arrancada no Brasileirão

Em boa fase, time de Sampaoli quer entrar novamente na briga pelo título brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2019 | 16h26

Distante dez pontos do líder Flamengo, o Santos sabe que só uma sequência de vitórias poderá colocá-lo, de fato, na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. E se observado o desempenho do primeiro turno da competição, esse momento pode ter chegado, afinal, foi a partir de um duelo com o Ceará que o time emplacou os seus melhores resultados, com sete triunfos consecutivos.

No turno, após vencer o Ceará por 1 a 0, o Santos também passou por Atlético-MG (3 a 1), Corinthians (1 a 0), Bahia (1 a 0), Botafogo (1 a 0), Avaí (3 a 1) e Goiás (6 a 1). Agora, espera ter iniciado nova sequência, pois na última quinta-feira superou o Ceará por 2 a 1, na Vila Belmiro. Já neste domingo terá pela frente o Atlético-MG, no Independência.

"Ter vencido estes adversários no primeiro turno não garante nada nestes duelos de volta. Cada um vive um momento diferente e precisaremos entender isso. Teremos obstáculos únicos contra cada time e teremos que dar um passo de cada vez. O foco agora é no Atlético-MG, que promete dar muito trabalho em sua casa. Faremos de tudo para vencer e, depois disso, pensar no clássico contra o Corinthians", comentou o zagueiro Lucas Veríssimo, ao site oficial do Santos.

Após oscilar no Brasileirão, o Santos vem em boa fase no torneio, com uma série invicta de seis jogos, alcançada nos duelos contra Fluminense (1 a 1), CSA (2 a 0), Vasco (1 a 0), Palmeiras (2 a 0) Inter (0 a 0) e Ceará. E Lucas Veríssimo destacou a importância desse momento de ascensão do time.

"Gostaríamos de ter vencido o Internacional e ter engatado uma sequência maior de vitórias, mas jogar em Porto Alegre é muito difícil e acabamos empatando. Mas isso não nos desanima. Vencemos o Ceará de virada e chegamos nessa rodada confiantes para enfrentar o forte time do Atlético-MG. Será um jogo difícil, mas acredito que podemos dar um passo para uma nova sequência positiva", disse o defensor.

Com uma atividade fechada neste sábado no CT Rei Pelé, o Santos encerrou a sua preparação para encarar o Atlético-MG. Uma possível escalação do time para atuar em Belo Horizonte tem: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Evandro (Jean Mota); Tailson (Marinho), Eduardo Sasha e Soteldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.