Serra pede permanência de Vágner Love no Palmeiras

'Espero que o Belluzzo [presidente do Palmeiras] consiga mantê-lo ou traga algum bom jogador'

Carolina Freitas, Agencia Estado

05 de janeiro de 2010 | 18h39

Torcedor declarado do Palmeiras, o governador de São Paulo, José Serra pediu nesta terça-feira a permanência de Vágner Love no clube. "Eu gostaria que o Vágner Love ficasse", disse ao ser questionado por jornalistas após evento de governo, na capital paulista.

"Espero que o Belluzzo [Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras] consiga mantê-lo ou traga algum bom jogador." Serra admitiu que a própria diretoria do Palmeiras, no entanto, já trabalha a possibilidade de substituir o jogador. "Já há hipóteses, mas eu não estou autorizado a levantar", disse o governador, em meio a uma risada.

Apesar do apoio à permanência do atacante, Serra disse compreender o mal-estar entre Vagner Love e a torcida. No final do ano passado, o jogador foi agredido por torcedores na rua. O atacante já revelou o desejo de deixar o Palmeiras e se transferir para o Flamengo. "Tem fundamento. Ele ficou assustado com gestos hostis de uma pequena e insignificante, mas muito agressiva, parte da torcida."

Veja também:

linkReforços não temem pressão e querem títulos no Palmeiras

linkVágner Love se apresenta e Palmeiras retorna aos treinos

linkBoa oferta pode tirar Vágner Love do Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.