Sertãozinho fecha turno na liderança da A3

O Sertãozinho encerrou neste domingo pela manhã a sua participação no primeiro turno do Campeonato Paulista da Série A3. A vitória sobre o Barretos, por 4 a 2, fora de casa, além de manter o time como primeiro colocado do Grupo 1, também lhe garante a melhor campanha em todo o campeonato. Em sete partidas, o Sertãozinho venceu cinco, empatou uma e perdeu outra. Com a supercampanha, o time tem 16 pontos, líder absoluto. Ao todo, o time fez 16 gols, sofrendo seis. De quebra, ainda tem o artilheiro da competição, Negreti, com nove gols. O vice-artilheiro é seu companheiro Ronie, com seis gols. Atrás, quem se destaca é o goleiro Buzzeto, ex-Paulista, que sofreu seis gols, sendo o menos vazado da competição. Em campo, os dois atacantes mostraram porque lideram a artilharia. Na vitória por 4 a 2, cada jogador balançou as redes duas vezes. Negreti mostrou oportunismo nos dois gols, aproveitando falha da defesa adversária. O primeiro gol de Ronie foi uma pintura, quando driblou dois zagueiros. O seu segundo foi o típico gol de artilheiro: ótimo posicionamento dentro da área, livre para empurrar para as redes. O primeiro tempo foi equilibrado. Negreti abriu o placar aos 31 minutos, aproveitando vacilo da defesa. Mas o time da casa empatou no minuto seguinte, com Fabinho, de cabeça. Mas o Sertãozinho voltou para o segundo tempo com a corda toda, dominando amplamente o adversário a partir do gol de Negreti, logo aos dois minutos. Ronie ampliou aos 32 e aos 36 minutos. No final, aos 39 minutos, Pedrão diminuiu para o time da casa. O técnico Edison Só não tem o que reclamar do time e elogia o planejamento da diretoria, que montou o time antes do início do campeonato. "Enquanto muitos times foram se montando durante o campeonato e ainda estão contratando, a diretoria do Sertãozinho se planejou bem e o resultado está ai", comentou. Sobre a partida deste domingo, o treinador destacou o empenho do time, que enfrentava um adversário que também lutava pelas primeiras colocações. "Sabíamos da dificuldade da partida, pois o Barretos vinha bem no campeonato e jogava em casa. Os nossos jogadores entenderam o espírito que pedia a eles e por isso conquistamos mais estes três importantes pontos." Na próxima rodada, o Sertãozinho joga novamente fora de seus domínios. Em Jaú, encara o embalado XV de Jaú, que vem de três vitórias.

Agencia Estado,

21 de março de 2004 | 16h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.