Marko Djurica/ Reuters
Marko Djurica/ Reuters

Sérvia vence e Irlanda só empata com a Geórgia nas Eliminatórias da Copa de 2018

Combinação de resultados deixou time sérvio com a liderança isolada do Grupo D

Estadão Conteúdo

02 de setembro de 2017 | 15h30

A Sérvia obteve um bom resultado neste sábado. Ganhou da Moldávia com tranquilidade por 3 a 0, em Belgrado, e assumiu a liderança isolada do Grupo D das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia.

O resultado foi ainda melhor porque a Irlanda decepcionou fora de casa e só empatou com a Geórgia por 1 a 1. O resultado deixou a Sérvia com 15 pontos, dois a mais do que os irlandeses. Em seguida aparecem País de Gales e Áustria, que somam oito e se enfrentam ainda neste sábado. Nas duas últimas posições, Geórgia e Moldávia não têm mais chances de disputar o Mundial da Rússia.

Favorita e com o apoio de sua torcida, a Sérvia levou apenas 20 minutos para abrir o placar, com o meio-campista Mijat Gacinovic. Kolarov, da Roma, ampliou 10 minutos depois e o atacante Aleksandar Mitrovic fechou o placar no final do duelo.

A Irlanda também parecia que não teria grandes dificuldades quando o defensor Shane Duffy abriu o placar aos quatro minutos. Mas Valeri Kazaishvili empatou para a Geórgia ainda no primeiro tempo, aos 34, e complicou a situação irlandesa.

Outra surpresa desta rodada ocorreu no Grupo I: a Islândia foi derrotada pela Finlândia, fora de casa, por 1 a 0, e desperdiçou a oportunidade de assumir a primeira posição da chave. Está, assim, com os mesmos 13 pontos da líder Croácia, que enfrenta a seleção de Kosovo. Já os finlandeses obtiveram o primeiro triunfo e chegaram aos quatro pontos.

Ainda neste sábado, pelo Grupo G, a Albânia derrotou Liechtenstein em casa, por 2 a 0, e subiu para 12 pontos, quatro atrás das líderes Espanha e Itália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.