Sete titulares treinam em separado no México

Rafael Márquez, Giovani dos Santos e outros cinco jogadores treinaram em separado neste domingo, quando o México retomou a sua preparação para o próximo compromisso na Copa do Mundo. Na segunda rodada do Grupo A, a seleção mexicana enfrentará na quinta-feira a França em Polokwane, enquanto que a África do Sul vai duelar com o Uruguai na quarta.

AE-AP, Agência Estado

13 de junho de 2010 | 08h17

Márquez, de acordo com o técnico Javier Aguirre, reclamou de dores na panturrilha direita durante a abertura do Mundial contra a África do Sul, em que jogou os 90 minutos do empate por 1 a 1. A Federação Mexicana de Futebol informou que o problema do jogador não é grave.

A atividade começou com um aquecimento e toques curtos de bola, com a presença de todos os jogadores. Depois, eles realizaram uma partida de sete contra sete em espaço reduzido, na qual não participaram sete jogadores.

Márquez, os atacantes Giovani Dos Santos, Guillermo Franco e Carlos Vela, junto com os zagueiros Francisco Rodríguez, Carlos Salcido e Ricardo Osorio treinaram em separado do restante dos seus companheiros. Todos foram titulares na sexta-feira, na primeira partida da Copa do Mundo.

Os sete jogadores brincavam entre eles, enquanto faziam uma leve corrida ao redor do campo do Waterhouse College e nenhum mostrava sinais de graves lesões. Apenas os 15 primeiros minutos da atividade foram abertas aos jornalistas e os jogadores não concederam entrevistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.