Sevilla anuncia acordo com ex-técnico do Celta para vaga de Sampaoli

Equipe contrata o argentino Eduardo Berizzo para a próxima temporada do futebol europeu

Estadão Conteúdo

07 de junho de 2017 | 20h06

O Sevilla anunciou nesta quarta-feira o substituto de Jorge Sampaoli como novo técnico da equipe. Será o também argentino Eduardo Berizzo, de 47 anos, que vem de um bom trabalho pelo Celta de Vigo. Ele desembarcará no clube da Andaluzia nos próximos dias para assinar contrato e ser apresentado oficialmente.

O contrato de Berizzo com o Sevilla terá duração de duas temporadas, assim como o assinado por Sampaoli no meio do ano passado. O ex-técnico do Chile, no entanto, não cumpriu o vínculo e deixou o clube para "realizar o sonho" de comandar a seleção de seu país, a Argentina.

Berizzo deixou o comando técnico do Celta há quase três semanas, quando já era apontado como provável sucessor de Sampaoli. Mas na época, o treinador negou qualquer contato com o Sevilla. "Fiz muita força para ficar e me comportei com honestidade profissional e pessoal. Não tenho nenhum plano B, não tive e não vou ter. Agora, vou para minha casa. Meus feitos respaldarão minhas palavras. Vou para casa descansar."

O próprio Sevilla ressaltou que o êxito recente de Berizzo com o Celta foi fundamental para que o clube fosse procurá-lo. Nas últimas duas temporadas, ele levou a equipe às semifinais da Copa do Rei. E em 2016/2017, chegou à semifinal também da Liga Europa, caindo apenas para o campeão Manchester United.

"Eduardo Berizzo chega ao Sevilla procedente do Celta de Vigo, equipe que dirigiu com muitos bons resultados na últimas três temporadas, recolocando-a no cenário europeu e até disputando três semifinais: duas de Copa do Rei e uma de Liga Europa", reconheceu o Sevilla.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol InternacionalfutebolSevilla

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.