Angel Fernandez/AP
Angel Fernandez/AP

Sevilla garante vaga na próxima Liga dos Campeões

Perotti fez o gol da vitória sobre o La Coruña aos 45 minutos do 2.º tempo; time é o terceiro colocado

AE, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 18h22

O Sevilla garantiu neste sábado sua classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões, com uma rodada de antecipação, ao derrotar o La Coruña por 1 a 0, com um gol do meia Perotti, aos 45 minutos do segundo tempo. O resultado manteve a equipe na terceira posição do Campeonato Espanhol, com 67 pontos, e livre de ser alcançada pelo Villarreal, o quinto colocado, que foi a 62 pontos - a última rodada será no próximo fim de semana.

Veja também:

Campeonato Espanhol 2008/09 - tabela Classificação / Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O time dos brasileiros Adriano, Renato e Luís Fabiano conseguiu inclusive sua vaga já na fase de grupos, pois o Atlético de Madrid, que venceu o Athletic Bilbao por 4 a 1, fora de casa, chegou a 64 pontos, mas perde no confronto direto, o primeiro critério de desempate - o Sevilla venceu os dois jogos entre ambos na temporada.

O gol da vitória do Sevilla saiu no fim da partida, após muita pressão. O lateral Adriano, em jogada pelo lado direito, cruzou para a área e Perotti acertou uma bela cabeçada, matando o goleiro Aranzubia. A derrota deixou o La Coruña em sétimo lugar, com 55 pontos, ainda brigando por uma vaga na Copa da Uefa.

Em Bilbao, o Atlético venceu o duelo com três gols do uruguaio Diego Forlán e um de Luis Garcia - Etxeita descontou para o time basco, que está em 13.º lugar, com 44 pontos, livre do risco de rebaixamento. Num clássico regional, o Villarreal derrotou o Valencia por 3 a 1 e tirou do rival as chances de ir à Liga dos Campeões - com 59 pontos, o Valencia terá de se contentar com a Copa da Uefa.

O campeão Barcelona entrou com um time praticamente reserva para enfrentar o Osasuna, no Camp Nou, e perdeu por 1 a 0, gol do uruguaio Pandiani. Eto''o, que saiu jogando, e Puyol, que entrou no segundo tempo, foram os únicos titulares aproveitados pelo técnico Josep Guardiola, que acabou expulso por reclamar do árbitro. Na quarta-feira, o time decide a Liga dos Campeões contra o Manchester United, em Roma.

Sem nada a ver com a história, o Osasuna segue vivo na briga contra o rebaixamento: chegou a 40 pontos, na 18ª posição, a primeira da zona de rebaixamento. O Gijon, que venceu o Valladolid por 2 a 1, fora de casa, também tem 40 pontos, mas leva vantagem no confronto direto.

A penúltima rodada definiu os dois primeiros rebaixados: o Numancia, que parou em 35 pontos ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Getafe, fora de casa, e o Recreativo Huelva, com 33 pontos, que perdeu em casa para o Racing Santander, por 1 a 0. Ainda correm risco, com 41 pontos, o próprio Getafe e o Betis, que empatou por 1 a 1 com o Malaga, fora de casa. Num jogo que só valia para cumprir tabela, o Espanyol derrotou o Almeria por 3 a 0, fora de casa. Neste domingo, Real Madrid e Mallorca completam a penúltima rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.