Raul Caro/ EFE
Raul Caro/ EFE

Sevilla vence clássico com Betis de virada e cola no Real pelo Espanhol

Equipe de Jorge Sampaoli sai atrás mas reage e conquista a vitória pelo placar de 2 a 1

Estadao Conteudo

25 Fevereiro 2017 | 14h30

O Sevilla conseguiu uma importante vitória na perseguição ao Real Madrid pela liderança do Campeonato Espanhol. Neste sábado, a equipe de Jorge Sampaoli saiu atrás no clássico diante do Betis na casa do adversário, mas reagiu no segundo tempo e derrotou o maior rival por 2 a 1. Paulo Henrique Ganso sequer ficou no banco de reservas mais uma vez.

O resultado levou o Sevilla a 52 pontos, mesmo número do Real, mas com desvantagem nos critérios de desempate. Vale lembrar que o time madrilenho também tem dois jogos a menos na competição. O Barcelona tem 51 e ainda atua na rodada. Já o Betis parou nos 24 pontos e é somente o 15.º colocado, lutando contra o rebaixamento.

Apesar da diferença das equipes na tabela, quem começou melhor e saiu na frente foi o Betis. Aos 35 minutos, Riza Durmisi aproveitou falta pelo lado direito e bateu colocado, no canto esquerdo do goleiro, que não alcançou.

A reação dos visitantes só aconteceu no segundo tempo, e graças às jogadas de bola parada. Aos 10 minutos, Iborra aproveitou cruzamento da direita e cabeceou. Adán fez grande defesa, mas Mercado marcou no rebote. Já aos 30, após cobrança de falta quase do mesmo local, Nzonzi desviou e Iborra, em posição duvidosa, finalizou para a rede.

Sem Ganso, o único brasileiro que entrou em campo foi ex-corintiano Petros, titular pelo Betis. O time alviverde voltará a campo já na terça, quando visita o Málaga pelo Espanhol. Dois dias depois, o Sevilla receberá o Athletic Bilbao, pela mesma competição.

Mais conteúdo sobre:
futebol internacional futebol Sevilla Betis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.