Julio Muñoz/EFE
Julio Muñoz/EFE

Sevilla vence fácil o Krasnodar e avança em primeiro na Liga Europa

Time espanhol faz 3 a 0, em casa, e termina com 12 pontos no Grupo J

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2018 | 18h26

Cinco vezes campeão da Liga Europa, o Sevilla justificou a sua tradição como potência nesta competição ao vencer com facilidade o Krasnodar, da Rússia, por 3 a 0, nesta quinta-feira, em casa, e garantir classificação à próxima fase do torneio, que é a anterior às oitavas de final.

Com o triunfo, o time espanhol avançou como líder do Grupo J, com 12 pontos, mesma pontuação justamente do rival russo, que se classificou como segundo colocado pelos critérios de desempate. No outro jogo que fechou esta chave, o Standard Liège, da Bélgica, acabou sendo eliminado ao não passar de um 0 a 0 com o Akhisarspor, na Turquia.

O resultado ruim fez o time belga terminar a sua campanha com 10 pontos, na terceira posição, enquanto a equipe turca, que já estava eliminada faz tempo, contabilizou o seu primeiro ponto no Grupo J.

Vencedor da Liga Europa em 2006, 2007, 2014, 2015 e 2016, o Sevilla começou o confronto desta quinta-feira de forma arrasadora e, em apenas 10 minutos, abriu 2 a 0 no placar com dois gols marcados pelo atacante francês Wissam Ben Yedder. Na etapa final, logo após ficar com um homem a mais em campo após a expulsão do zagueiro equatoriano Cristian Ramirez, o argentino Ever Banega ampliou para 3 a 0, cobrando pênalti, aos 4 minutos do segundo tempo.

EINTRACHT 100%

Se o Sevilla seguiu em frente na Liga Europa, o Eintracht Frankfurt manteve a sua campanha perfeita em outro jogo já encerrado nesta quinta-feira pela rodada final da fase de grupos. O time alemão superou a Lazio por 2 a 1, de virada, em Roma, e avançou ostentando 18 pontos em seis jogos disputados pelo Grupo H.

Assim, o Eintracht fechou este estágio do torneio com o dobro de pontos da Lazio, vice-líder da chave, que se classificou mesmo com a derrota. Neste duelo entre os dois clubes, a equipe italiana abriu o placar aos 11 minutos da etapa final, em chute cruzado do argentino Joaquin Correa. O time alemão, porém, empatou o duelo com um lindo gol do bósnio Mijat Gacinovic em chute de fora da área, aos 20, e depois virou com Sebastien Haller completando para as redes um cruzamento da direita, aos 26.

No outro confronto que encerrou este grupo, o Olympique de Marselha decepcionou a sua torcida mais uma vez ao ser derrotado por 3 a 1 pelo Apollon Limassol, do Chipre, na França. Atual vice-campeão da Liga Europa, o Olympique se despediu da Liga Europa com apenas um ponto somado em seis jogos no Grupo H, enquanto o Apollon contabilizou sete.

GENK GOLEIA

 Em outro jogo já encerrado nesta quinta-feira pela Liga Europa, o Genk também assegurou classificação à próxima fase ao golear o Sarpsborg, da Noruega, por 4 a 0, na Bélgica. Com o triunfo, o time belga garantiu a ponta do Grupo I, com 11 pontos, enquanto a equipe norueguesa deu adeus ao torneio como lanterna da chave, com cinco.

A segunda vaga desta chave nas oitavas de final ficou com o surpreendente Malmoe, da Suécia, que derrotou o Besiktas por 1 a 0, na Turquia, e se classificou como vice-líder, com nove pontos. Já a tradicional equipe turca, que decepcionou os seus torcedores, se despediu como terceira colocada, com sete.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Sevilla Fútbol ClubLiga Europa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.